porto alegre é nutrir bem

colunistas

Paula Pinto e Fernanda Ortiz

Uma nutricionista e uma publicitária, isso é o “E agora, Nutrinha?”. Conteúdo, blog, vídeos, consultas, mitos, experiências novas. Não importa como, no fim, queremos mostrar pra você que comer bem pode sim ser muito gostoso e divertido!


 

Mariana Kalil
Fabrício Carpinejar
Fabio Codevilla

Marcelo Schambeck

Porto Alegre completa 245 anos e, apesar de ser uma cidade super nova, ela tem muito a ser explorada em programação, gastronomia, cultura e história. Muito, claro, pela grande influência dos casais açorianos e os descendentes europeus (italianos e alemães), a cidade é uma das mais arborizadas e mais alfabetizadas do Brasil, e nos brinda por ser uma cidade que oferece qualidade em diversos pontos como trabalho e estudo. Hoje, nós queremos te dar dicas incríveis de como aproveitar a cidade no final de semana, incluindo mais saúde e um pitada de lugares bem porto-alegrenses pra acompanhar.

Sábado no Marinha com esporte + piquenique + chimarrão com pôr do sol:
Ali no Marinha tem programação para todos os tipos de gostos e todos os horários do dia. Você pode chegar cedinho e dar aquela corridinha na calçada em frente ao Rio Guaíba, dá pra fazer um percurso até o Museu Iberê Camargo pra ver algumas obras de arte do artista ou ir até o Gasômetro e conhecer o Centro Cultural do Gasômetro, tem sempre uma nova atividade cultural à mostra. A beira do rio em frente ao Marinha foi reformada recentemente, por isso, correr por ali tem um visual incrível em qualquer horário do dia.

Passar a tarde no Marinha não é exagero. Tem quadras de areia pra jogar aquele futevôlei com os amigos, pistas de skate, uma área verde incrível para um piquenique, pracinhas para levar os pequenos. Nossa dica para levar na cesta do piquenique é bergamota, sanduichinhos com pão integral, mas nada de maionese (opte por pastinhas saudáveis como de amendoim ou guacamole), cookies integrais e oleaginosas (castanha-do-Pará, castanha de caju, nozes, amêndoas e avelã)  também são uma boa opção.

Aproveite o dia com uma programação que seja mais a tua cara, seja qual for a escolhida, lembre de tomar bastante água e se hidratar durante o dia. Lá pelas 18h da tarde, a programação é única pra todos: pegar o chimas e aproveitar o pôr do sol mais bonito do mundo (olha o bairrismo!).

O chimarrão é a bebida preferida dos gaúchos e apesar de ser quente, não tem estação. Inverno e verão, sentar e compartilhar um bom mate é tradição por aqui. Além de aquecer nosso coração, o chimarrão é rico em antioxidantes, diuréticos, minerais como ferro, fósforo e magnésio, e ainda dá aquela ajudinha no intestino. Fonte também de cafeína, que ajuda a evitar a fadiga e diminui o cansaço mental. Importante chamar atenção na hora de escolher sua erva mate, dê preferência para as ervas sem açúcar (elas possuem um selo na embalagem!). Lembre que açúcar é carboidrato!

Domingo Brique da Redenção + Churrasco em família + Grenal
Todo gaúcho sabe que o domingo não é domingo se não tem esse combo gaudério.
Em um dos bairros mais antigos da cidade, fica o Brique da Redenção, uma feira de antiguidades localizada na frente do Parque. A Redenção tem sua feirinha de artesanato há muito muito tempo, e é a programação mais tradicional do domingo na capital.
Não esqueça de levar um snack saudável e uma garrafinha de água, mesmo no inverno, a caminhada no sol pode cansar e nada como uma dose de hidratação e energia.
A ideia é começar pelo Brique, dar uma paradinha no parque pra descansar ou quem sabe aproveitar e dar uma volta de pedalinho para exercitar as pernas! Snack saudáveis + atividade física no mesmo programa é muito amor! E lembrando que no domingo, todo foco vale por 2.

Saindo do Parque, já demos uma passadinha no Zaffari, onde vamos cuidar dos ingredientes pro almoço com a família. Nossa dica é um churrasco de gaúcho. Você sabia que dá pra fazer um churrasco mais saudável e ainda sim, muito gostoso?

Nós conseguimos, sim, inserir hábitos saudáveis nos pratos típicos daqui, aqui vão 04 dicas pra quem quiser experimentar e ousar nas tradições:

 

  1. Prefira os cortes de carne com menos gordura.
  2. Troque o sal grosso do churrasco por sal grosso do himalaia. É uma opção inusitada, mas garantimos que é sucesso.
  3. Pra acompanhar, que tal uma salada de batata doce feita com inhame e maionese de tofu?
  4. Sobremesa por aqui não tem outra opção, o sagu com creme de baunilha
    sempre ganha! Nossa receitinha é diferente e mais saudável:
    • Tente trocar o vinho tinto por suco de uva integral
    • O açúcar branco por demerara
    • Bolinhas do sagu por semente de chia.
    • Já para o creme, substitua o leite integral por leite de amêndoas.

 

Voilá! Tá pronto o menu de domingo, agora é só esperar pra assistir aquele Grenal.
Cada cantinho de Porto Alegre que passamos tem história e tem um cenário lindo pra parar e observar. O dia a dia da gente é tão corrido que deixamos de admirar a cidade e incluí-la na nossa programação, assim como, muitas vezes, esquecemos de dar aquela atenção a mais à nossa alimentação. Podemos explorar mais a cidade com qualidade e bem-estar, mas precisamos ser curiosos e ir atrás, descobrindo novas formas de viver bem por aqui.

 

Saia de casa, ame a cidade, cuide da sua alimentação e seja curioso!
Viva bem em Porto Alegre
Um beijo♥